Quatro faculdades baianas são proibidas pelo MEC de promover vestibular em 2013

Na Bahia, os cursos afetados pela medida são os de Engenharia de Produção, das Faculdades Integradas Ipitanga (Unibahia); Engenharia Elétrica e Civil, da Universidade Salvador (Unifacs); Computação, da Hélio Rocha; e Engenharia Elétrica, de Computação e de Produção, da Faculdade de Ciência e Tecnologia (Área 1).

Os cursos que melhoraram a nota entre 2008 e 2011 estão sendo considerados de tendência positiva. Mas ainda assim, para estas instituições, a punição será o impedimento de aumento de vagas no curso enquadrado e a suspensão do vestibular. Como esses cursos apresentaram melhora na avaliação, as faculdades poderão recorrer, seguindo as regras definidas pelo MEC para se reabilitarem ao longo do ano.

No entanto, 86 instituições foram considerados de tendência negativa, três delas baianas.

Compartilhe:

Deixe seu recado