Querem invadir sua privacidade na internet

Precisamos ficar atentos porque na verdade isso significa mudanças no Marco Civil da Internet, cuja aprovação, no ano passado, pelo Congresso Nacional, representou um avanço internacional e uma referência mundial, no que se refere a regulação da internet.

O PL 215, prevê que os registros de IP, com data e hora da conexão e de acesso, sites e aplicativos utilizados possam ser obtidas por “autoridade competente”, sem depender de ordem judicial.

Autoriza a espionagem, o acesso aos dados pessoais e o conteúdo das comunicações privadas, como Whatsapp, por exemplo.

Ou seja, fere o princípio da privacidade na rede, conquistado com muito esforço no Marco Civil da Internet.

Os cibercrimes não passam de uma desculpa para reforçar a quebra da privacidade.

Compartilhe:

Deixe seu recado