Receita paga nesta 4ª restituições do 3º lote do IR

Ao todo, serão depositados R$ 2,2 bilhões a quase 2,3 milhões de pessoas. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita ou ligar para o Receitafone 146 e informar o número do CPF.

Também é possível consultar os dados sobre a restituição por meio de smartphones e tablets. O aplicativo, lançado em junho deste ano pelo Fisco, é destinado a aparelhos com sistema operacional Android e iOS (Apple).

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo deverá requerê-la por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF. Caso o valor não seja creditado, o declarante deverá ir até uma agência do Banco do Brasil ou ligar para 4004-0001 e agendar o crédito em qualquer banco.

Valores e juros

O exercício de 2012 concentra grande parte das devoluções. Segundo o Fisco, serão creditados R$ 2,1 bilhões para 2,28 milhões de pessoas. Os valores já foram acrescidos da taxa básica de juros, a Selic, de 3,06% (referente ao período entre maio e agosto de 2012).

Já no exercício de 2011 serão depositadas restituições para 16.051 contribuintes, somando aproximadamente R$ 38 milhões, já corrigidos em 13,81%. No residual de 2010, por sua vez, serão creditadas devoluções a 7.664 pessoas, em um total de R$ 11,8 milhões, com Selic de 23,96%.

Quanto ao lote de 2009, serão R$ 10,4 milhões para 5.427 pessoas, corrigidos em 32,42%. Por fim, o residual de 2008 beneficiará 2.582 contribuintes, somando R$ 5,2 milhões, com Selic de 44,49%.

Compartilhe:

Deixe seu recado