Ricardo Eletro/Insinuante desrespeita comerciários e não paga horas extras

Temos casos de trabalhadores que já acumularam MAIS DE MIL HORAS EXTRAS trabalhadas, sem receber nenhum centavo por isso. Em uma única loja, constatamos o acumulo de mais de 4.200 horas trabalhadas, sem o recebimento das mesmas.

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), em sua cláusula 21ª, diz que é facultada à empresa a adoção de compensação de horas trabalhadas, mas limita a 40 dias. Além disso, não é permitido ultrapassar 10 horas de trabalho diário, nem 25 horas no mês. Isso ocorrendo, a empresa deve PAGAR as horas excedentes.

Denuncie as irregularidades!
Não fique só! Sindicalize-se!
Fortaleça a luta do seu Sindicato!

Compartilhe:

Deixe seu recado