Salvador foi às ruas e avisou: #NãoVaiTerGolpe

O ato da capital baiana, coordenado pelas Centrais Sindicais, partidos e entidades do movimento social, iniciou no Campo Grande e uma gigantesca passeata se deslocou rumo à Praça Castro Alves, cobrindo de gente e bandeiras coloridas toda a extensão da Avenida Sete.

“O Sindicato dos Comerciários, junto com a imensa maioria das organizações sociais, está nas ruas para se posicionar claramente contra o impeachment, porque sobre a presidenta Dilma Rousseff não paira nenhuma acusação, suspeita de crime, desonestidade ou ilegalidade”, informou Alfredo Santiago, vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de Salvador.

IMG_1011

Rosa de Souza, dirigente comerciária e vice-presidente da CTB, afirmou que “os golpistas pretendem afastar a presidenta para revogar os direitos e conquistas do povo brasileiro e submeter o país aos interesses do capital internacional”.

Aurino Pedreira, presidente da CTB Bahia, afirmou que a caminhada mostra que o povo está disposto a defender a democracia, além de apresentar a indignação com as atitudes do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Compartilhe:

Deixe seu recado