Saúde do homem tem atenção especial no Novembro Roxo

O evento contou com representantes de entidades médicas, instituições ligadas à doença, organismos públicos, sindicatos e sociedade civil organizada. “A campanha está se expandindo, se consolidando e ganhando corpo. Isso é muito importante porque o nosso objetivo é prevenir as mortes que são preveníveis. Temos uma programação intensa para o todo o mês e nossa expectativa é que no próximo ano ela cresça ainda mais”, afirmou o deputado.

Espaços públicos iluminados
Durante o mês de novembro espaços públicos estarão iluminados na cor roxa para chamar a atenção da sociedade para a doença. Inclusive o elevador Lacerda, símbolo da campanha. O Projeto está em fase de votação e, segundo Álvaro, já há sinalizações positivas quanto a aprovação. “Já há um parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça. Espero que seja aprovado o mais rápido possível.”, completou.

Higiene com água e sabão
Na Bahia por ano surgem cerca de 3mil novos casos de cânceres de próstata e de pênis, este último é responsável por mil amputações, que representam 4% do total no Brasil. No caso do câncer de pênis, o combate é muito simples, basta praticar hábitos diários de higiene que o homem estará livre da doença, conforme orientou o médico Wagner Porto, membro da Sociedade Brasileira de Urologia, palestrante do evento. “O câncer de pênis o indivíduo só tem se quiser, porque uma simples higienização com água e sabão retira todas as possibilidades. Já o de próstata precisa de mais atenção porque o homem precisa perder o preconceito de que o exame afeta sua masculinidade. Uma coisa boba que precisa ser combatida porque o câncer de próstata pode ser curado com o diagnóstico precoce”.

30 mil homens na PM baiana
Na ocasião, o major Onorato, que representou no evento  a Polícia Militar baiana, falou da importância da campanha para a PM, formada por 30 mil homens que normalmente se preocupam com a segurança da população e esquece dos cuidados com sua própria saúde. “Toda semana temos 8 guarnições em sala de aula discutindo saúde e o câncer de próstata é um dos maiores pontos enfatizados. Porque , infelizmente, nossos policiais não se cuidam. O homem não se cuida e sendo policial e guerreiro fica mais difícil se preocupar consigo próprio. Por isso há uma necessidade constante de desmistificar o exame e orientar as mulheres para incentivarem os companheiros a fazerem o exame de próstata”.

Comerciários no combate às doenças
A secretária de gênero do Sindicato, Cherry Almeida, fez parte da mesa e lembou a importância de levar informação para os comerciários, que representam 48% da categoria. “Sabemos da importância da informação para a categoria por isso levaremos o debate para as empresas. Assim como fizemos com o Outubro Rosa em novembro não será diferente. Vamos combater juntos este mal.”, concluiu Cherry.

 IMG_1610

 

Compartilhe:

Deixe seu recado