Secretaria de Saúde realizou VI Seminário da Categoria

“Nosso maior objetivo é conscientizar o trabalhador de que as empresas precisam oferecer um ambiente de trabalho saudável e que não adoeça.”, falou Anderlei Costa, secretário de saúde do Sintrasuper.

Jaelson Dourado, presidente do Sindicato, abriu as atividades parabenizando a Secretaria de Saúde por promover eventos que elevam o grau de conhecimento dos trabalhadores, e lembrou do feriado do comerciário, que este ano será comemorado em 22 de outubro. “A secretaria de Saúde está de parabéns pela realização do VI Seminário, que faz parte de uma programação extensa para comemorar o feriado do comerciário, que este ano, com muita luta, conseguimos manter na Convenção Coletiva”.

Ambiente de trabalho saudável

Os problemas físicos e psicológicos que acometem os trabalhadores são ocasionados por excesso de trabalho; equipamentos inadequados; carga horária abusiva; desvios de função; assédio moral e outras práticas comuns nas empresas do comércio. “Esperamos que após este encontro os comerciários possam fiscalizar melhor as empresas a fim de promover um ambiente de trabalho saudável, de forma que sejam evitadas doenças do trabalho e os diversos tipos de stress, inclusive o pós-traumático.”, destacou Mônica Soares, secretária de saúde do Sindicato. “O Seminário traz questões que estão diretamente relacionadas com a vida e a saúde dos comerciários, e para impedir que os trabalhadores sejam prejudicados o Sindicato estará nos supermercados para fiscalizar o cumprimento da normas e regras que buscam um ambiente de trabalho saudável.”, completou Adilson Alves, presidente do Sintrasuper

Sequelas pós-traumas

Os caixas de bancos, lotéricas e o recebimento de fatura nos supermercados tem atraído a atenção dos bandidos, e os constantes assaltos tem deixado sequelas nos trabalhadores, que são obrigados a voltar ao trabalho após o episódio e não recebem a devida assistência das empresas. A psicóloga Balbina Arruda, da Secretaria Municipal de Saúde, informou onde buscar ajudar e como proceder. “O trabalhador que sentir alterações físicas e comportamentais deve procurar um psicólogo ou psiquiatra, da rede pública ou privada. E para evitar problemas psicológicos após um assalto ou trauma a pessoa deve tentar manter a tranquilidade e procurar uma pessoa de confiança para conversar sobre o assunto”.

Cuidados

Na ocasião, o fisioterapeuta Cleber Luz, da Faculdade Social da Bahia, orientou sobre como evitar e prevenir as doenças ocupacionais através das pausas durante o expediente para alongamentos e exercícios. “Alguns cuidados precisam ser tomados pelo próprio trabalhador. A cadeira que ele senta deve estar em posição correta e os pés apoiados, para que não haja torção da coluna e os movimentos aconteçam em bloco”.

Representantes públicos

Jaelson Dourado lembrou ainda as eleições municipais que acontecem neste fim de semana e destacou a responsabilidade do comerciário nas transformações da cidade. “Nos ultimos 4 anos o Sindicato interviu e muito na cidade. Realizamos manifestação no comércio e reuniões com a Casa Civil para exigir a reabertura do Plano Inclinado Gonçalves, que encontra-se fechado há cerca de 2 anos prejudicando trabalhadores e comerciantes da região. Lutamos por um transporte público de qualidade, com preço justo e bons serviços e cobramos dos órgãos públicos segurança para a cidade e para os trabalhadores. A cidade precisa de mudanças e os comerciários, maior categoria de Salvador, deve se unir para eleger representantes comprometidos com as causa sociais e com os interesses dos trabalhadores.”, completou.

Compartilhe:

Deixe seu recado