Sem acordo o comércio vai parar!

“Os trabalhadores estão esperando do Sindicato um movimento justo porque o momento é bastante propício com a chegada do fim do ano, quando há uma grande expectativa de vendas. Já perdemos muito. Isso é um absurdo. São 8 meses sem reajuste salarial e nós vamos dar resposta agora, nas festas de fim de ano. Quando cruzaremos os braços para exigir dignidade e respeito ao nosso trabalho”, afirmou Marcelo Bizerra, secretário de cultura.

Data base

A data base da categoria é março e já se passaram 8 meses sem aumento. Ao invés de avançar nos benefícios sociais, os patrões querem retirar a alimentação, conquistada através de muita luta em 2013. “A categoria está revoltada com a intransigência dos patrões, em querer tirar a alimentação.”, destacou a diretora Áurea Andrade.

Cajazeiras

Os trabalhadores de Cajazeiras também estão mobilizados. Fizeram um grande ato hoje nas principais ruas da região para sensibilizar os patrões. Caso não haja avanços e propostas, a ordem é cruzar os braços e parar o comércio.”Na categoria o sentimento de revolta é grande pelo descaso dos patrões. Se não houver propostas de acordo nós vamos parar tudo.”, completou Genivaldo Marcos, secretário do Sindicato.

Compartilhe:

Deixe seu recado