Sem avanços no MPT, tem nova reunião com lojistas dia 01/11

Mais uma vez, não houve entendimento com o Sindicato dos Lojistas e a Fecomércio. A tentativa foi do Ministério Público do Trabalho (MPT), que realizou a audiência na manhã desta quarta-feira (30).

Com o impasse, o MPT designou, então, que as partes se reunissem ainda esta semana. Assim, ficou acertado uma reunião na sede do Sindilojas, na próxima sexta, dia 01/11.

Novamente, as entidades patronais queriam que o Sindicato dos Comerciários abrissem mão dos seus direitos, especialmente do pagamento dos retroativos de 2018. “Não podemos aceitar essa situação. O Sindilojas assinou convenções coletivas o ano passado e esse ano, também, com mais de 50 sindicatos de comerciários na Bahia. Não pode tratar dessa forma os comerciários de Salvador. No encontro de sexta-feira, os empresários precisam avançar e assinar a Convenção Coletiva”, afirma o presidente do Sindicato, Renato Ezequiel.

O dirigente lembra que o Sindicato tem se empenhado no diálogo e, assim, já assinou acordos específicos com várias empresas do setor lojista, inclusive as chamadas âncoras. Além disso, o setor de supermercados também já assinou a sua Convenção Coletiva.

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado