Sindicato dos Comerciários completa 80 anos

Os jovens comerciários que estão ingressando no comércio não conhecem as nossas histórias de lutas, mas é importante conhecer um pouco as nossas campanhas. É importante lembrar que durante o mandato do prefeito Imbassahy a categoria viveu um sistema de escravidão. Com alegação de que geraria novos postos de trabalho, o então gestor público impôs a regra do comércio livre aos domingos na nossa cidade. Na época, o comerciário trabalhava todos os domingos sem direito a folga, remuneração e alimentação, e questões como vida social e familiar desse trabalhador não eram levadas em conta. Uma exploração por parte dos empresários, que se sentiam seguros para abusar da categoria com garantias prescritas na Lei.

Durante 10 anos diversas batalhas foram encampadas pelo Sindicato e slogans como: “Devolva meu domingão!”, “No meu domingão ninguém mete a mão!”, “Comércio livre não!”, “Se até Ele (Deus) descansou no sétimo dia, porque trabalhar no domingo?”, “Mais empregos a grande mentira!” e “REAJA!”. Palavras de ordem que ganharam adesão da categoria e da sociedade nos shoppings, supermercados e ruas de Salvador.

Lei Oliveira 6.940/06

Em 2006 conquistamos uma grande vitória. O então vereador Reginaldo Oliveira criou a Lei 6.940/06 para regulamentar a abertura do comércio aos domingos, proporcionando garantias aos direitos dos trabalhadores. Nela, os empresários não são obrigados a fecharem seus estabelecimentos comerciais aos domingos. Porém, o trabalhador deverá ser remunerado, receber alimentação, transporte e folga.

De acordo com a Lei, dos 54 domingos do ano 37 devem ser remunerados e os demais, que antecedem datas comemorativas e tem maiores índices de vendas, hoje fazem parte do nosso grande desafio. O Sindicato entende que novas negociações devem ocorrer para que todos os domingos do ano façam parte do acordo, por acreditar que o trabalhador não pode e não deve trabalhar sem remuneração.

Após 6 anos da Lei novas conquistas foram realizadas. Garantimos que o comerciário tenha uma folga para cada três domingos trabalhados no mês, e cada ano novas campanhas salariais são realizadas que garantem novos reajustes, tanto para salários como para os domingos.

Hoje Salvador é a terceira maior economia do país, com um comércio crescente a cada ano. A renda da população vem aumentando e isso possibilita melhores condições de vida para a população.

Outros benefícios

A fim de proporcionar qualidade no atendimento e nos serviços, hoje o comerciário conta com uma sede moderna e confortável, onde são realizados atendimentos médicos e jurídicos. Além disso, convênios com universidades, faculdades e cursinhos de Salvador são oferecidos para que o comerciário possa crescer e se desenvolver profissionalmente. Também oferecemos ao comerciário convênio com clínica odontológica.

É de fundamental importância que o trabalhador apoie as lutas da categoria e colabore com as nossas conquistas, para que haja novos reajustes e melhores condições de trabalho para QUEM FAZ O COMÉRCIO CRESCER. Para que nossa luta seja fortalecida e nossa história continue marcada por grandes vitórias.

Compartilhe:

Deixe seu recado