Sindicato muda estratégia de Campanha e intensifica ações Categoria aumenta a pressão

Os dirigentes distribuíram panfletos e disseram “NÃO” a proposta de 2,97% apresentada pelo setor lojista e ao patronal dos supermercados, que ofereceu reajuste baseado apenas na inflação, estimada em 6,5% (INPC).

Após quinze dias do lançamento da Campanha Salarial 2011 e duas rodadas de negociações sem avanços significativos para a categoria, o Sindicato mudou a estratégia e aumentou a pressão, intensificando as mobilizações em vários pontos da capital baiana, com o objetivo de mostrar a força da categoria e garantir bons acordos para os trabalhadores.

Para as próximas negociações, que acontecem dias 15 e 16 de março, com o setor de supermercados e lojista, respectivamente, os dirigentes vão reiterar o discurso baseado no crescimento do comércio na Bahia em 2010, e retomará a discussão dos domingos e feriados, que o patronal insiste em manter fora da discussão. Além disso, daremos ênfase aos números da economia baiana apresentados pelo DIEESE na manhã de quarta-feira (23/02), na sede da entidade.

Compartilhe:

Deixe seu recado