Sindicato promove Seminário sobre a violência contra a mulher

A delegada da SSP/Ba Isabel Alice esteve presente

“Um novo mundo é possível, sem violência contra a mulher”. Esse foi o tema do Seminário promovido pelo Departamento da Mulher do Sindicato dos Comerciários de Salvador, realizado no dia 02 de setembro, no Teatro Dias Gomes. O evento, que teve como objetivo conscientizar a sociedade para as questões que envolvem violência contra a mulher como: causas, conseqüências e legislação, contou com a presença da Dra. Isabel Alice Pinheiro (SSP-Ba), de diretores e representantes do Sindicato.

Na plateia, estudantes, professores e comerciários em geral conheceram melhor a atuação das delegacias da mulher no estado e a aplicação da Lei Maria da Penha, através da Dra. Isabel, que falou também das relações sociais, fruto de possíveis violências, e da importância de eventos dessa natureza. “O Sindicato dos Comerciários sempre acerta ao promover atividades de esclarecimento que ampliam o conhecimento e traz o debate de forma clara e participativa, e isso faz parte de uma história antiga da instituição”, afirmou a delegada. O Sindicato aproveitou a ocasião para homenagear Catarina Galindo, esposa de Paulo Colombiano, líderes sindicais assassinados em junho.

O diretor do Sindicato dos Comerciários Reginaldo Oliveira também prestigiou o debate e falou da importância do encontro para a mulher comerciaria, que vive uma tripla jornada de trabalho. ”Participar de uma atividade dessa natureza é muito importante, porque é sempre um aprendizado para a luta e a campanha em defesa da mulher comerciaria”, afirmou o diretor.

A situação da mulher nos vários ambientes do cotidiano tem sido tema de diversas ações do Departamento, que vem realizando parcerias junto a órgãos públicos e privados a fim de orientar e ajudar as mulheres vítimas de agressão. Como exemplos, temos a parceria do Sindicato com a Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM) e convênios com psicólogos, para o atendimento da comerciaria vítima de agressão, seja ela doméstica ou no ambiente de trabalho, física ou moral. “A divulgação tanto dos locais de atendimento como da Lei se fazem importantes porque as pessoas precisam ter conhecimento e buscar seus direitos, e isso permite um aprimoramento no atendimento, funciona como um termômetro”, completou Dra. Isabel.

E para fechar a noite com chave de ouro, duas surpresas abrilhantaram ainda mais o evento. A assessora do Sindicato e atriz Lívia Ferreira e o estudante William Pauferro, da juventude de Brotas, se apresentaram e mostraram seus talentos. Lívia em um recital, e William com um poema escrito por ele, ambos com textos em homenagem à mulher.

Compartilhe:

Deixe seu recado