Sorteadas as chaves para o 13º Campeonato Society

Considerado o maior campeonato de futebol society do Brasil, este ano são esperadas cerca de 90 equipes. ”Estamos fazendo hoje o maior campeonato do Brasil, com perspectivas de 96 equipes. Perdíamos para a Copa do Brasil, com 64 equipes. Recentemente fomos procurados pela Federação Brasileira de Futebol Society, que ficou admirada com a nossa situação e organização”, falou Evangivaldo Ferreira (Helmans), diretor do Sindicato e um dos organizadores do Campeonato.

Números

Em 12 edições, o Campeonato reuniu cerca de 20 mil atletas, que realizaram uma média de 3mil jogos. Em 2011 a equipe Rodeirada foi vencedora e conquistou o título contra MBorges. Também foi da Rodeira o titulo de artilheiro e goleiro menos vazado, e a equipe promete entrar com garra em 2012 para repetir o feito.”Tivemos boa participação na edição passada, fomos campeões e não vamos ficar por aí. Vamos buscar novamente o título com humildade e entrosamento da equipe”, disse João Carlos, técnico do Rodeirada.

Consciência política

Segundo os organizadores do evento, o Campeonato tem diversos objetivos. Além de promover lazer e integração da categoria, envolvendo homens e mulheres em diversas modalidades esportivas, tem uma função política. “O esporte, de um modo geral, deve ser usado também para discutir a política e a nossa cidade, que encontra-se abandonada pelos poderes públicos. Uma forma de educar e politizar a categoria”, destacou Evilásio Lima, diretor do Sintrasuper.

Premiações

Neste ano são esperados cerca de 90 times, que vão disputar o prêmio de R$1 mil para o primeiro colocado, além de medalhas e troféus. Também serão premiados o segundo (R$600) e terceiro (R$300) colocados, mais medalhas e troféus. Diversas equipes acompanharam os sorteios e a Turma do Léo, que ficou na 3ª colocação em 2011 em uma disputa que teve o placar de 8X2 contra Mercantil Rodrigues, falou das suas expectativas para 2012. “Estamos fortes para buscar o título neste evento especial promovido pelo Sindicato. Trabalhamos de domingo a domingo e não temos lazer e esta é uma forma de promover integração, lazer e diversão para nossa categoria”, pontuou Thiago Lopes, jogador da Turma do Léo.

Compartilhe:

Deixe seu recado