Supermercados de Salvador continuam vendendo o suco Ades condenado pela Anvisa

Mais uma vez os fiscais do Procon-Ba fizeram apreensões do produto, totalizando 3.837 unidades em dois dias, durante inspeções realizadas nos supermercado Extra da Vasco da Gama,  Bompreço do Porto da Barra e do Chame-Chame, G Barbosa, Hiper Bompreço (Iguatemi) e no Atakadão Atakarejo (Brotas). Também foram visitados os estabelecimentos Perini (Graça), Ondina Delicatessem, Bompreço (Pituba e Rio Vermelho) e Perini (Graça e Vasco da Gama), não sendo encontrados unidades da Ades condenadas pela Anvisa.

A determinação de suspender a comercialização dos produtos ocorreu em virtude de uma falha no processo de higienização das máquinas da linha de produção, que teria resultado no envase de embalagens com solução de limpeza, em um lote do produto com sabor maçã.

Compartilhe:

Deixe seu recado