Temer inicia cortes nos programas sociais e cancela construção de 11 mil casas

Entretanto, sempre esclarecemos que nossa posição estava relacionada com o que representava o golpe para os trabalhadores. Sempre dissemos que o que estava em risco eram os direitos trabalhistas e os programas sociais.

Temer já mostrou que tem pressa em implementar o retrocesso. Seu governo ilegítimo e golpista de Temer, através do ocupante do Ministério das Cidades, Bruno Araújo (do PSDB – partido que o povo rejeitou nas urnas) revogou, ontem (17) a construção de 11.250 unidades de moradia do programa Minha Casa Minha Vida.

Não se iluda! Vem muito mais ataque aos direitos e conquistas do povo. Não aceite o golpe! Vamos às ruas defender o que é do povo brasileiro.

Compartilhe:

Deixe seu recado