Vaias para Temer na abertura das Paralimpíadas Rio 2016 no Maracanã lotado

Na hora em que o presidente golpista Michel Temer foi citado para declarar abertos os jogos paralímpicos a vaia foi escutada em todos os cantos do planeta.

Com o tema “Rompendo Limites”, a festa de abertura das Paralimpíadas Rio 2016 acontece nesta quarta-feira (7), sem grande destaque na mídia comercial, porém.

“A festa está bonita e a torcida grande para que os atletas brasileiros possam brilhar mais uma vez, mesmo com as dificuldades enfrentadas com o governo golpista golpeando o esporte paralímpico e olímpico no país”, diz Carlos Rogério Nunes, secretário de Políticas Sociais, Esporte e Lazer da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Estarão participando da competição 4.314 atletas, de 159 países, que disputarão até o dia 18, 528 provas em 23 modalidades esportivas. São 225 medalhas femininas, 265 masculinas e 38 mistas em disputa.

A delegação brasileira conta com 285 atletas, sendo 185 homens e 100 mulheres, a maior delegação da história. A perspectiva do Comitê Paralímpico Brasileiro é que o Brasil fique entre os cinco primeiros colocados no ranking de medalhas.

“Muito importante a realização dos jogos paralímpicos no Brasil. É uma oportunidade para a refletirmos sobre a necessidade de políticas de inclusão, que deem oportunidades iguais para todos os brasileiros”, afirma Nunes.

“O esporte é essencial para o reforço do espírito de solidariedade nas pessoas”. Ele ressalta ainda a necessidade da luta pelas Diretas Já como forma de barrar o golpe no país, neste momento em que “o mundo estará nos vendo”.

Fonte: CTB Bahia

Compartilhe:

Deixe seu recado