Vamos construir a greve. É negociar ou parar!!

Os dirigentes do Sindicato dos Comerciários se reuniram na manhã desta segunda-feira (18/10) no Shopping Salvador para mobilizar a categoria em prol da segunda fase da campanha Respeito a Quem Faz o Comércio Crescer. O objetivo agora é assegurar novos direitos não conquistados na Convenção Coletiva de 2010. Os diretores distribuíram panfletos e orientaram os associados a respeito da carga horária excessiva e da remuneração. Além de unificar a categoria, a manifestação também busca fortalecer a luta para a negociação dos 18 domingos festivos que estão fora da Convenção Coletiva.

De acordo com o presidente da entidade, Jaelson Dourado, na segunda fase, a ordem é intensificar as ações e manifestações para que os 18 domingos festivos sejam negociados, “O momento é decisivo. Caso não haja negociações, vamos construir a paralisação”. Afirma o presidente.

Pensando nas festas de final de ano que estão próximas, o Sindicato tem realizado manifestações em vários shoppings da cidade, locais onde os comerciários são mais explorados com a abertura do comércio aos domingos. No último dia 15/10 a atividade aconteceu no Shopping Barra, para chamar a atenção do patronal, que sobrecarrega seus funcionários com horários estendidos, em até 30 horas consecutivas sem remuneração. Em todos os locais a palavra de ordem é fazer valer a Lei Oliveira. Os dirigentes pediram remuneração já para todos os domingos: “Vamos fazer valer a Lei Oliveira. Não podemos permitir que a categoria continue explorada no período em que há mais lucros para os empresários. Queremos respeito a quem faz o comércio crescer. Queremos todos os domingos remunerados já!”, afirmou Jaelson.

Compartilhe:

Deixe seu recado