Vendas de aquecem, mas comércio diminui vagas extras para o natal

O saldo das contratações de temporários será positivo, mas expectativas “piores quanto ao futuro” limitam a abertura de vagas, diz Marianne Hanson, economista da entidade.

Projeção da CNC aponta a abertura de 134,4 mil novas vagas entre setembro e novembro -1,3% mais do que em igual período de 2011. A estimativa tem como premissa um crescimento de 6,9% do comércio neste ano.

No ano passado, porém, o comércio ampliou o contingente de temporários mais do que a previsão para este ano, mesmo com um ritmo de crescimento menor que o previsto. Foram 2,3% mais vagas, para uma alta de 6,6%.

A previsão da CNC para este ano é também menor que a alta já registrada pelo IBGE para o acumulado de janeiro a julho (7,5%).

O comércio corresponde a 22% ao total de empregos formais do país.

Compartilhe:

Deixe seu recado