Vendas no varejo sobem 3,88% em janeiro

O levantamento leva em conta o volume de consultas dos lojistas em relação aos clientes que realizam pagamento por cheque ou compras parceladas.

De acordo com os órgãos, a conjuntura econômica se mostra mais favorável ao consumo no início deste ano do que em igual período de 2012. São citados, por exemplo, maior oferta de crédito, taxas de juros menores e aumento do rendimento dos trabalhadores. Na comparação com dezembro, porém, foi verificada uma queda de 24,53% no número de consultas realizadas pelos lojistas ao SPC Brasil. A forte queda é natural porque dezembro é a melhor data para o comércio no ano.

A CNDL e o SPC Brasil enfatizaram também que o baixo movimento de janeiro é explicado pelo número de compromissos financeiros que os consumidores possuem, como os com matrículas, material escolar e pagamentos de impostos, como IPTU e IPVA.

Compartilhe:

Deixe seu recado