Walmart terá que indenizar cliente chamado de ‘negrinho e ladrão’

Segundo a ação, o cliente comprou um pacote de leite e foi abordado por dois funcionários, que o chamaram de “negrinho e ladrão safado”. Após ver o comprovante de pagamento, um funcionário teria dito que havia confundido o cliente com outra pessoa.

O supermercado alegou que estava fazendo uma promoção com limite de unidades por pessoa e que a abordagem foi para conferir se o cliente tinha ultrapassado esse limite.

A Justiça entendeu que essa versão não era consistente, porque o produto deveria ter sido conferido no caixa.

Em nota, a rede Walmart disse que “repudia qualquer ato de desrespeito e discriminação”

Compartilhe:

Deixe seu recado